A PROGRAMAÇÃO FATAL

apple_menos_bugsA historinha da criação

(Jardim do Éden)

Não vou contar aqui a historinha, pois todo mundo já a conhece. O que importa aqui, são os recados psicológicos que são passados à criança ao ouvir essa historinha. Isso funciona como uma programação, que é implantada a nível profundo no subconsciente da criança.


Conhecimento_e_perigosoPrimeiro recado: conhecimento é perigoso

Enquanto Adão e Eva não tinham conhecimento do bem e do mal, viviam ‘felizes’ no Jardim do Éden. Não tinham preocupações. Mas a partir do momento em que ‘comeram’ do fruto da árvore do conhecimento, foram expulsos do ‘paraíso’, foram punidos. Este recado passa a ideia que que para estar bem com Deus, não se deve buscar e muito menos adquirir conhecimento. Também não se deve questionar, pois questionar é buscar respostas e buscar respostas é buscar conhecimento.


trabalho_e_castigoSegundo recado: o trabalho é um castigo

Ganharás o teu pão com o suor do teu rosto. Por conta disso, são raríssimas as pessoas que obtém prazer ou realização pessoal através de seu trabalho. A grande maioria vê o trabalho como um ‘mal necessário’ e trabalham simplesmente por trabalhar. E para serem coerentes com suas crenças (programação básica), sempre se colocam em situações onde tem que trabalhar muito, como forma de castigo. Sua vida se resume a trabalhar e pagar contas, trabalhar e pagar contas, trabalhar e pagar contas, ad infinitum… Muitas pessoas se queixam: “Ah, se eu tivesse ouvido a minha mãe quando ela me disse para estudar. Se eu tivesse estudado, hoje eu não teria que trabalhar feito um burro.” Mas estudar, significa adquirir conhecimento e conhecimento é perigoso, pois contraria o primeiro recado. Então não se estuda. E não se estudando, não se melhora a situação profissional e muito menos a situação financeira e econômica. E assim a pessoa continua se castigando.


SERPENTE FALA COM EVA_VISUAL COLORTerceiro recado: todo o mal entrou no mundo através da mulher

Portanto, a mulher deve ser punida, controlada, reprimida e castigada. Sim, porque foi a mulher que foi lá ouvir as ‘lorotas’ de uma serpente falante, e por conta disso, seduziu Adão. Nessa parte da história, toda a culpa recai sobre a mulher, ficando o homem no papel de vítima inocente. Conveniente, não? Aí está a raiz do machismo. E mesmo a mulher, a nível subconsciente acha que deve ser castigada, por isso se envolve em relacionamentos que a fazem sofrer, escolhendo homens que a tratam com desprezo, que praticam a violência física e emocional.


fim-namoroUma vida de sofrimentos e decepções

Como os relacionamentos homem/mulher podem dar certo com essa ‘programação’ a nível inconsciente? Como pode um homem esperar encontrar uma mulher que o faça feliz, se no fundo (a nível inconsciente), ele considera a mulher culpada pelo seu sofrimento? Como uma mulher pode esperar encontrar o ‘príncipe encantado’ de seus sonhos, se no fundo (a nível inconsciente) há uma programação básica que lhe diz que ela deve ser punida e controlada? E você (mulher) ainda se pergunta porque é que só se envolve com os ‘caras maus’ ou com os trastes? E depois diz, visivelmente frustrada, que os homens são todos iguais.


bride-shrinkNão há terapia que resolva

Anos mais tarde, quando a criança se tornar adulta, nem mesmo dez, quinze, vinte ou trinta anos de terapia ou psicanálise serão suficientes para curá-la. Ela será escrava dessa programação para o resto da vida. Será sempre uma pessoa problemática, nunca terá bons relacionamentos, nunca terá bons empregos e mesmo que os tenha, estará sempre atolada em dívidas. Também nunca buscará estudar para entender o que se passa com ela, e assim encontrar soluções, porque estará de tal maneira comprometida com seus afazeres diários que nunca terá tempo para sequer ler um livro, afinal, a pessoa precisa trabalhar como um burro para pagar contas intermináveis. Ah, já ia esquecendo: ler um livro é o mesmo que buscar conhecimento e conhecimento é perigoso, pois contraria o primeiro recado e, é claro, desagrada a Deus. Portanto, o infeliz está condenado à condição de escravo ad infinitum…


escravidão-religiosaLiberte-se dessa prisão

E é assim que o ‘poder instalado’ mantém os humanos como escravos, controlados por uma programação inserida na infância e reforçada constantemente (reforço positivo) pela estrutura ‘sagrada’ (igrejas, templos, etc) que está a serviço desse poder. Os que estão no comando não tem nenhum respeito por você ou suas necessidades. Não se importam se você passou uma vida inteira trabalhando para eles. Não se importam se você está infeliz. Não se importam se você está velho e doente. Não se importam se você vai morrer na miséria. Eles não ligam. A única coisa que importa para eles é quanto lucro você irá dar a eles enquanto estiver vivo.


Anúncios

13 ideias sobre “A PROGRAMAÇÃO FATAL

    1. Eduardo LBM Autor do post

      Felipe, eu não sigo nenhuma religião nem sou religioso, mas tenho uma vasta experiência religiosa que cultivei ao longo da vida. Para falar a respeito, seria necessário um artigo inteiro só para isso. Taí uma boa ideia. Obrigado pela visita.

      Resposta
      1. leandroapostolo

        Muito bom Eduardo, sou de formação evangélica porém, estou mudando radicalmente meus conceitos referentes a muitas ”verdades” que me ensinaram, pois ao analisar bem as pregações e a Bíblia em si, percebo que há muitas contradições e ideias sobre Deus totalmente bizarras e sem lógica alguma…cadeia eterna este negócio de religião!

        Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s