LUZ E TREVAS

Primeira Diretiva  x  Poder

Desde quando eu era criança que eu escuto uma afirmação, geralmente feita por pessoas religiosas fanáticas que não pensam e nem fazem uso da razão: “O Mestre voltará”. Quando ele voltar, não haverá mais guerras, nem fome nem miséria. O Paraíso será instalado na Terra. As pessoas que falam isso não se dão conta de que falta um parâmetro nessa equação: Quando? Quando isso irá acontecer? Em dois anos? Em dez anos? Em cem anos? Em mil anos? Em dez mil anos? Essas pessoas costumam ficar furiosas quando eu pergunto isso, e então eu faço mais algumas perguntas: E o que eu faço enquanto o Mestre não volta? – Fico de braços cruzados esperando? Não preciso fazer nada para melhorar o mundo em que vivemos? Acho que não, né? Mas essas mesmas pessoas também não se dão conta de que um Mestre, seja ele quem for, jamais irá desrespeitar a ‘Primeira diretiva’. A menos que elas estejam esperando por um ‘Ditador Celestial’. Será?


luz-e-trevasLuz e trevas

O pessoal da ‘luz’ (Mestres Ascencionados e seus auxiliares) tem um compromisso de respeito com a ‘Primeira Diretiva’ de não interferência no livre arbítrio e na auto determinação dos povos. Já o pessoal das ‘trevas’ ou ‘negativos’ que são os que que estão no comando aqui no planeta, tem apenas uma diretiva que eles levam muito à sério: Poder. O povo da luz precisa desesperadamente de voluntários e o povo das trevas tem escravos de sobra. Então percebe-se que há um desequilíbrio de forças. Cada vez que o povo da luz manda alguém aqui para ajudar, para nos despertar, o que acontece? O som que você ouve no vídeo abaixo explica tudo.



oditador (1)Ditador Celestial

Por mais que as pessoas pensem (e queiram) que um Mestre Ascencionado venha aqui no planeta e resolva tudo como que por encanto, num passe de mágica, isso jamais irá acontecer. A menos que eles fossem ‘ditadores celestiais’, nesse caso poderiam chegar aqui e ‘impor’ a ordem com ‘mão de ferro’. Obviamente que aí não seriam Mestres Ascencionados. Já os negativos não teriam o menor problema em implantar uma ditadura e governar com mão de ferro. Na verdade, eles já fazem isso, mas escolheram uma metodologia mais branda para tal. Separaram a população do planeta em dois grandes grupos.


dharavi1O grupo da fome

O primeiro é o grupo dos ‘passa fome’. São pessoas que trabalham dezesseis horas por dia, comem apenas um prato de comida ao dia e moram em habitações sub humanas. Recebem menos de dois dólares ao dia para produzirem os brinquedinhos eletrônicos que serão utilizados pelo outro grupo, a classe média. Não tem a menor perspectiva de progredir e conquistar uma vida melhor, pois já foram convenientemente condicionados a acreditar que fazem parte de uma casta inferior e que seu papel no mundo é o de escravos. A eles é negado até mesmo o direito de estudar. Nascem, crescem, vivem e morrem unicamente para trabalhar.


 minha_casa_minha_vidaO grupo do ‘ter’

O segundo grupo é a classe média. São os que consomem tudo o que é produzido pelas grandes corporações utilizando a mão de obra de ‘escravos consentidos’. Esse grupo é manipulado de uma forma insidiosa pelos negativos, que os faz acreditar que a felicidade está em ‘consumir’. Convence-os de que ‘ter é mais importante do que ser’. E na busca pelo ‘ter’ eles se tornam cada vez mais endividados. Os que compõem esse grupo não percebem que eles não ‘tem’ coisa alguma, pois quase tudo o que possuem na verdade pertence aos bancos e às financeiras que são os ‘tentáculos’ dos negativos. Através do estímulo a um endividamento cada vez maior e com a utilização de uma estrutura de juros que torna boa parte das dívidas praticamente impagáveis, eles tem o segundo grupo totalmente sob controle.


 smartphonecrowdedtrainSubgrupos: os on-liners

Para manter esse grupo na mais completa ignorância de sua própria situação, o pessoal das trevas engendra todo um sistema de distrações e futilidades, através de um de seus tentáculos, a mídia. Esportes de competição, novelas, filmes do tipo besteirol, péssima música. E a última invenção dos ‘negativos’ está funcionando de vento em popa: os on-liners! Pessoas que ficam quase que cem por cento do tempo conectados e totalmente dependentes de seus dispositivos ‘móveis’ (celulares, smartphones, tablets). As pessoas já não se conversam mais, caminham na rua, se alimentam, viajam e até trabalham (pasmem) olhando para seus aparelhos sem nunca se desconectar. Excelente maneira de manter todos alienados. E para que tudo isso seja aceito ‘numa boa’, os negativos’ corrompem sistematicamente os valores morais e familiares do grupo dividindo-o em vários sub grupos através da disseminação de conceitos opostos e conflitantes.


MaquiavelOpostos e conflitantes

Ateu e deísta, criacionista e evolucionista, espiritualista e materialista, gnósticos e agnósticos, políticos e apolíticos, situacionistas e oposicionistas, tradicionalistas e modernistas e muitos outros ‘istas’ e ‘ismos’. E para aqueles que não se encaixam em nenhuma das anteriores, os negativos ardilosamente criaram e alimentaram alguns ‘rótulos’ depreciativos que fazem com que eles se sintam um ‘peixe fora d’água’ por não fazerem parte dos sub grupos acima. ‘Teóricos da Conspiração’ e ‘Adeptos da Nova Era’. Assim os negativos mantém as pessoas em permanente conflito umas com as outras e enquanto elas ficam discutindo ‘o sexo dos anjos’, não percebem que quem está fomentando toda essa discussão está nos bastidores rindo aos montes (e lucrando com isso, é claro).


Aprovacao-compulsoriaPéssimo ensino

Faz parte também da estratégia dos negativos para manter ambos os grupos ‘travados’, um na fome e outro na busca pelo ‘ter’ cada vez mais, a disseminação da desinformação bem como o ‘emburrecimento’ da população através da degradação na qualidade do ensino. Utilizam também o ensino religioso para transmitir conceitos equivocados à população e assim mantê-la subserviente. A religião passa o conceito de que as pessoas são todas pecadoras, imundas e desmerecedoras das ‘graças divinas’ e a ciência passa-lhes o conceito de que as pessoas utilizam apenas 10% de sua cabeça animal. o objetivo é manter as pessoas com uma baixíssima autoestima e conformadas com a condição de escravas. E funciona!


deus_thumb[5]Golpe de Mestre

O verdadeiro golpe de mestre dos negativos é a confusão que criaram na cabeça das pessoas com relação ao tal do ‘Deus’. Um deus que tem um ‘povo escolhido’ e que se trata portanto, de um deus racista e que fomenta a discriminação. Um deus que dizima toda a população de uma porção de terra para entregar ao seu povo escolhido e que se trata portanto, de um deus genocida e que fomenta guerras e destruição. Um deus que endurece o coração dos seus ‘oponentes’ para que seja maior a sua glória, e que se trata portanto, de um deus maquiavélico e megalomaníaco e que fomenta o que há de pior em cada ser humano. Um deus que exige adoração e é ciumento e vingativo e que se trata portanto, de um deus ‘adolescente mal resolvido’, temperamental e com crises de humor. Não consigo ver nada nesse deus (com ‘d’ minúsculo) que possa fazer com que eu acredite que ele é um Deus (com ‘D’ maiúsculo). Podem chamar a isso do que quiserem, até de ET, menos de Deus. E as pessoas, confusas, pensam que esse é o mesmo deus benevolente e de puro amor. E conduzem suas vidas acreditando na ‘benevolência’ desse deus.


shadow-people2Exploração multidimensional

Os negativos a que eu me refiro são multidimensionais. Nesta dimensão (física) são representados pelas grandes corporações e na outra dimensão (espiritual) são os seres que vem perturbar as pessoas durante o sono, roubando-lhes sua energia vital (chi). Na dimensão física, exploram as pessoas fisicamente exigindo-lhes muitas horas de trabalho e pagando-lhes salários aviltantes. É aí que as pessoas são condicionadas a dar muito mais do que recebem. Dão sua energia vital e orgânica e, por conta disso, são acometidas de várias doenças e envelhecem muito mais cedo do que deveriam, pois são literalmente sugadas. Veja mais detalhes em NÓS O POVO! Durante à noite são sugadas em seus leitos enquanto dormem, ou seja, as pessoas são duplamente sugadas. Vide meus artigos O GRANDE EQUÍVOCO e ENERGIA VITAL para mais detalhes. Para garantir que sempre haverá um bom estoque de energia negativa à sua disposição, os negativos fomentam guerras, morticínios, tragédias de todo o tipo, escravidão e miséria, muita miséria. Percebe, caro leitor, que quem está no comando do planeta são os negativos? Sua rede de poder se estende por todo o planeta e é multidimensional.


homem_lendoComo se defender disso tudo?

Para se defender, a primeira coisa de que as pessoas precisam se livrar é da ‘visão romântica da vida’. Precisam parar de acreditar que alguém virá e irá consertar tudo num passe de mágica. Precisam começar a entender como o ‘sistema funciona’. Só assim saberão se defender. Do contrário continuarão sendo exploradas e ainda por cima achando que estão ganhando com isso. No meu artigo NÓS O POVO, em sua segunda metade, há um conjunto de procedimentos que deveria ser adotado por todas as pessoas que querem viver plenamente e não mais serem escravas do sistema. Reproduzo aqui somente o último parágrafo.

Lembre-se:

Todas as vezes que pessoas tentaram se organizar em grupos, foram derrotadas. Todos os grupos foram esmagados. Toda vez que uma pessoa sozinha tentou agregar outras pessoas à sua volta em torno de uma causa, a pessoa foi presa e o grupo foi dissolvido sob acusações de crimes diversos, prostituição, orgias, uso e tráfico de drogas, espionagem, etc. Basta que as ações do grupo comecem a incomodar o ‘Sistema’. A História nos mostra que esse é o caminho errado. O melhor caminho é a conversa pessoa a pessoa, no máximo pequenos grupos de 20 ou 30. Não pode existir um líder ou alguém que articula as ações. A ação deve acontecer em células, compostas por numero reduzido de pessoas, espalhadas por todos os lugares, sem que haja um responsável que possa ser facilmente rastreado. Internet é a melhor ferramenta para isso. Esqueça as ONGs, instituições e grupos com grande número de pessoas. Nesses grupos sempre haverá um ou mais espiões. Além disso, podem ser facilmente dissolvidos. Inquisição não acabou, apenas mudou seu ‘modus operandi’. Hoje as pessoas não são mais enviadas às fogueiras para serem queimadas, eles simplesmente desaparecem, assassinadas ou suicidadas. Portanto, tenha cuidado.


Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s