Arquivo mensal: janeiro 2015

DEFENDENDO O INDEFENSÁVEL

AFASTANDO OS PENSADORES

É difícil entender como certos participantes em blogs, grupos ou comunidades podem ser tão imbecis e fazer colocações tão absurdas, mas se você pensar neles como pessoas ‘pagas’ para criarem perfis falsos e ficarem espalhando mentiras, conceitos errôneos, defender veementemente conceitos ‘indefensáveis’, proferir ofensas e ataques pessoais, então a coisa começa a fazer sentido.


25365.39954-espionagem-eletronicaQual seria o objetivo de haverem agentes infiltrados nos blogs, comunidades e grupos? Espionagem? Talvez não. Talvez seja algo bem mais sórdido. Talvez o principal objetivo seja o de desestabilizar o grupo, fazendo com que seus principais ‘pensadores’ desanimem e se retirem, após ataques sistematizados incluído ofensas pessoais, comentários depreciativos, constrangimentos e humilhações.


bullying-02E por que fazer com que os melhores membros do grupo saiam em debandada? Para evitar que as conversas atinjam níveis elevados de troca de ideias. Para evitar que grupos e comunidades se tornem ‘ferramentas’ de articulação de ações contra governos, partidos e grandes corporações ou outras instituições. Corta-se o mal pela raiz. Quando o nível de troca de ideias num grupo começa a ficar perigosamente acima do nível ideal de imbecilidade que se pretende para toda a população, subitamente algum ‘suposto hater’ começa a distribuir ofensas e agressões, armando o maior barraco. Isso acaba fazendo com que os melhores membros se afastem, permanecendo nos grupos somente os que estão dentro de uma média que não oferece perigo para o status quo. Sempre que surge no grupo um novo membro cuja mentalidade está acima dessa média, ele é ferozmente atacado, suas ideias são ridicularizadas, seus comentários são depreciados e todo tipo de ofensas são dirigidas a ele. Normalmente isso basta para que ele desista e se retire.


ovnihoje-small-parceiroApós quatro anos acompanhando a evolução do blog OVNI Hoje, tenho observado que os melhores comentaristas, em sua grande maioria sumiram (foram abduzidos), restando apenas alguns poucos que são mais persistentes. vários estão na minha lista de contatos do Facebook, mas não comentam no blog há muito tempo, ou raramente o fazem. Muitos novos comentaristas surgiram, muitos deles deram excelentes contribuições para o grupo e quase todos desapareceram logo depois, pois sofreram ataques de membros que formam uma suposta ‘panelinha’. Mas existiu mesmo essa tal ‘panelinha’? Creio que não, pois os melhores comentaristas normalmente sempre foram (e são) pessoas educadas, cultas e bem equilibradas além de sempre demonstrarem grande apreço e respeito pelos colegas e tratarem os novatos sempre com muita cordialidade.


nao-falo-com-idiotasMas então, quem eram os criadores de caso, os armadores de barraco? São os mesmos até hoje, embora com nomes diferentes, pois normalmente atuam com perfis falsos. Uma característica desses membros é portarem sempre um avatar neutro, que não mostra a sua cara. São pessoas que não ‘dão a cara prá bater’, já que sua principal atuação dentro do grupo não será apresentar bons comentários, mas agredir, depreciar, humilhar e ofender. Incrivelmente, alguns até fazem comentários excelentes, de altíssimo nível, o que deixa ainda mais claro que se trata de ‘atuação’ e não de meros trolladores. Fica fácil entender esse tipo de atuação quando se percebe que são pagos para isso.


spreading-liesNão quero dizer aqui, que todo o membro que usa um avatar que não mostra sua foto verdadeira é um troll ou um agente infiltrado. Muitos membros de grupos, pessoas idôneas e sensatas, fazem uma escolha pessoal de não se mostrar, embora haja alguns que não tem restrição nenhuma quanto a mostrar sua foto verdadeira. Mas pode ter certeza de uma coisa: os maus elementos, os trolls e, principalmente, agentes infiltrados, jamais irão portar um avatar em que seu rosto verdadeiro seja mostrado, pois são elementos que atuam nas sombras e seu objetivo é desestabilizar os grupos nos quais eleburro_digitando_computadors entram e, como são pagos para isso, são praticamente inatingíveis do ponto de vista emocional, isto é, não se ofendem com nada, mas fazem com maestria o papel de ‘ofendidinhos’, então torna-se inócuo discutir ou argumentar com os mesmos e é aí que se encontra sua principal arma, pois a cada ‘resposta’, o interlocutor fica mais e mais desestabilizado, pois não consegue entender como alguém pode ser tão ‘teimoso’, tão ‘burro’ ou tão ‘imbecil’ a ponto de insistir em defender veementemente conceitos ‘indefensáveis’.


mago53-horzClaro que quem está discutindo ou argumentando de ‘boa fé’, nem sequer desconfia que seu interlocutor está sendo pago para ser assim tão ‘teimoso’, tão ‘burro’ e tão ‘imbecil’ a ponto de insistir em defender veementemente conceitos ‘indefensáveis’. Obviamente, isso deixa qualquer um furioso. E o objetivo é esse mesmo. Despertar a fúria, desestabilizar emocionalmente e desanimar os membros. Temos o exemplo de um colega nosso, o Mago, que depois de um evento desses, afastou-se por longo tempo e, segundo eu soube, ficou até doente, isso sem contar a mágoa, a frustração e o sentimento de impotência diante de agressores a quem nenhuma argumentação, por melhor elaborada que seja, os atinge.


TROLLOutra característica dos infiltrados é a adoção de ‘nicks’ bem sugestivos que deixam claro qual é (ou será) o seu tipo de atuação dentro do grupo e embora até façam comentários interessantes, sempre acabam por mostrar ‘a que vieram’. O que você acha do nick ‘miasma’? Qual a ideia que isso passa para você? Se você tem um mínimo de conhecimento, provavelmente até se arrepiou quando leu esse nick lá no blog e já entendeu o recado que o dono do nick quer passar subliminarmente.


ovnihoje-big-parceiroMas por que será que o blog OVNI Hoje sofre seguidamente com esse tipo de perseguição, que já rendeu muitos ‘bate-bocas’ e ‘barracos’ dignos de legítimos moradores de cortiço? Obviamente porque é um blog que faz sucesso. Ninguém atira pedras em arvores que não dão frutos. Vejamos uma comparação: O número de visitas (visualizações) em meu blog (Eduardo Lbm) atualizado até a publicação deste artigo, é de pouco mais de 25.000 cliques. Comparado ao OVNI Hoje, isso representa ‘zero vírgula zero, nada!’. Comparando-se isso (25.000) com o Universo da Internet, é menos ainda! Então fica claro o porquê de até agora o meu blog não ter sofrido nenhum tipo de ataque ou perseguição: ele não fede nem cheira. Mas, quando eu coloco links na área de comentários lá do OVNI Hoje, para alavancar as visitas no meu blog, não demora a aparecer um ‘abestado’ para fazer uma crítica pesada e depreciativa a mim e ao meu blog, achando que com isso eu irei ficar ofendido e dar início a um bate-boca. Perde o tempo dele. Alguns colegas chegaram a tentar justificar esse tipo de atitude como sendo ‘inveja’ ou ‘ciúmes’, mas hoje percebo que não é nenhuma coisa nem outra, são apenas os ‘infiltrados’ tentando me dar um ‘chega-prá-lá’ para ver s10858357_679937855461078_3433188452474969193_ne eu desisto de usar o blog OVNI Hoje como alavanca para minhas publicações, afinal, meus artigos tem justamente por objetivo fazer as pessoas pensarem e perceberem as coisas acima da média ideal de imbecilidade do ‘status quo’. Também já sofri alguns ataques desse tipo quando posto comentários contendo links na página do David Icke para alavancar minhas publicações em Inglês.


misinformationEntão, caros colegas comentaristas deste e de outros blogs, de grupos ou comunidades, fiquem atentos. Nem todo troll é um agente infiltrado, existem sim, pessoas frustradas, mal amadas, bem como psicopatas e outros tipos de doentes que entram em grupos somente para descarregar suas frustrações ou seu ódio por suas vidas medíocres, mas estes, até mesmo devido à sua baixa autoestima e seu estado depressivo, não suportam por muito tempo as argumentações dos demais membros e se afastam rapidamente. O perigo está naqueles que conseguem manter discussões por longo tempo e parece que não estão sendo afetados. Preste atenção, em situações em que parece que o interlocutor não está dando a mínima para o que você fala e continua repetindo frases prontas como se fosse um robô.


Anúncios

CONSPIRAÇÕES. ELAS EXISTEM?

MENOS DE MIL PESSOAS CONTROLAM TUDO NO MUNDO

(E são detentores de 90% de todo o patrimônio e riqueza do mundo)

EliteEles são os ‘donos’ do planeta e, portanto, tudo o que está dentro dos limites da ‘propriedade’ deles, pertence a eles, e isso inclui os sete bilhões de humanos. “Eles” dividiram o planeta em ‘fazendas’ e criam seres humanos como gado, para atender unicamente a seus propósitos. 

Nesse momento existem mais de 38 guerras em andamento no planeta.

Todas financiadas pelo mesmo pequeno grupo (bancos, indústrias armamentistas) que fazem exatamente igual a um certo ‘senhor’ de muito antigamente: ‘endurecem’ o coração dos oponentes e vendem-lhes armas. Depois que os oponentes estão completamente destruídos oferecem-lhes financiamentos para reconstrução de seus países com dinheiro que jamais chegará às mãos dos respectivos governos, pois vai direto para as empreiteiras encarregadas da reconstrução, cujos acionistas são os mesmos componentes desse pequeno grupo. Mas a conta… ah, a conta! Essa vai direto para o povo, oprimido e escravizado que terá agora que trabalhar mais, muito mais, para pagar essa conta. Ah, mas as empreiteiras geram empregos nos ditos países. Sim, geram! Salários de 2 dólares ao dia, prá peãozada, pois o pessoal qualificado é trazido de fora.

Não adianta falarmos em moral e ética, quando o ‘inimigo’ está dentro da nossa casa e tem poderes de utilizar nossas ‘entradas psíquicas e emocionais desprotegidas’ para nos manipular e nos conduzir a guerras e mais guerras, conflitos e mais conflitos. Isso para não falar do consumo, consumo, compre, compre, obedeça, obedeça…


Quem são esses menos de mil? Híbridos? Os donos do gado? Os donos do mundo? 

São eles que determinam quem vai ter emprego e quem não vai. 

São eles que determinam que cerca de dois bilhões de escravos receberão salários menores que 2 dólares ao dia e viverão permanentemente em condições sub humanas, para produzir os brinquedinhos eletrônicos que farão a alegria dos outros cinco bilhões. 

São eles que determinam quanto de desemprego haverá em cada país, que na verdade é apenas um ‘curral’ para uma parte do gado, controlado por um ou mais desses menos de mil. 

São eles que determinam as leis que serão ‘votadas’, sempre para beneficiá-los, num teatro bem montado que faz parecer ao gado que são os ‘seus representantes’ que estão votando. 

São eles que determinam quem ganha e quem perde as eleições, na verdade, os que são ‘eleitos’ ou são do meio deles ou são indicados por eles (de vez em quando eles precisam deixar alguém do povo, um barbudo ou uma megera qualquer, assumir o cargo, para legitimar o teatro).

São eles que estão aí há milênios, sempre ocultos ou fora de nosso alcance, mas contam historinhas muito bem elaboradas (ao estilo do filme A Ilha) para nos fazer crer que ‘eles’ são pessoas comuns, saídas do ‘povão’ e que chegaram aonde estão com ‘muita luta e esforço’ (quem já trabalhou em alguma multinacional entenderá o que estou dizendo).

A lista do ‘São eles’ é enorme.

Se tiver que se formar uma resistência, é contra eles e não contra governos.  


caminhao-boisImagine uma fazenda de criação de gado: os bois podem até achar estranho que toda semana encosta um certo caminhão em um dos pontos da fazenda e depois disso, nos dias seguintes vários de seus colegas desaparecem e nunca mais voltam. Mas isso não é conspiração, é apenas os fazendeiros fazendo o que tem que ser feito com o seu gado, ou seja vendê-los e encaminhá-los para um matadouro. Do ponto de vista dos bois, desde que haja entre eles alguns mais perceptivos, algo estranho está acontecendo, mas ainda não é conspiração.


boiada640Conspiração é quando alguns dos bois, ou melhor touros, resolvem se associar aos funcionários do fazendeiro e, em troca de privilégios, passam a escolher quais serão os próximos bois que irão para o matadouro. Ou seja, conspiração só existe mesmo quando os da mesma espécie ou da mesma classe resolvem trair seus companheiros. Do ponto de vista do fazendeiro, também nunca existiu conspiração alguma, apenas touros ‘prestativos’ e ‘cumpridores de ordens’ que ‘colaboram’ para o bom andamento do negócio.


im-telling-you-the-man-and-the-dog-are-working-together-PTMas os bois estão sempre com uma pulga atrás da orelha, e como há entre eles alguns mais perceptivos, sempre haverá um ou dois destes últimos que começará a fazer proselitismo junto aos demais bois e tentará explicar para eles que há algo de muito errado acontecendo na fazenda e acontece sempre quando vem os caminhões e, definitivamente, os touros estão envolvidos nisso. Mas como a maioria dos bois já teve o seu cérebro lavado pelo “Grande Touro Zebu”, sempre haverá, no meio do grupo que está ouvindo a ‘palestra’, um boi metido a esperto que irá pronunciar as palavras mágicas: “ah, isso que você está dizendo aí, amigo, é teoria da conspiração“! Pronto! Como a expressão “Teoria da Conspiração’ está associada, no inconsciente coletivo, à pessoas insanas, paranoicas e neuróticas, os demais bois imediatamente começam a olhar para o prosélito com um ar de: “ih, esse cara é louco, paranoico, cheio das teorias! Vamos embora, moçada!” – e imediatamente se afastam dele, deixando-o falando sozinho. Logo em seguida TODOS os demais boizinhos voltam a pastar tranquilamente e fica tudo como dantes no Quartel de Abrantes.

Conclusão: Esse negócio de “Teoria da Conspiração” é coisa de boi que tem o cérebro lavado, não gosta de pensar, e prefere continuar pastando.