OS MILITARES FORAM INCOMPETENTES?

O texto abaixo não é de minha autoria, retirei-o de uma postagem no Facebook feita por um amigo de minha lista de contatos, Tonny Galletty. Entretanto, ele também não menciona a autoria, de modo que não sei se é dele ou de outra pessoa. Transcrevo-o aqui na íntegra, porque eu pessoalmente vivi essa época ‘maldita’ chamada ditadura militar. Foi uma época em que arrumava-se emprego com muita facilidade, podíamos até escolher empregos, aliás, não era preciso nem procurar, empregos eram oferecidos para quem quisesse trabalhar e a todo momento. Foi uma época de bons salários, grande poder aquisitivo e de muitas realizações, econômicas e financeiras. Leia o texto abaixo e tire suas próprias conclusões.


Os militares estão receosos de que o povo os chame novamente, como aconteceu em 64. A surra impiedosa e sistemática de difamações, calúnias e injúrias que lhes foi dada desde 85, sem que ninguém minimamente os defendesse, os tornaram tímidos e envergonhados. Agora, talvez estejam pensando conforme pronuncia o velho provérbio português: “Quem pariu Mateus que o embale”. Militar é incompetente demais!!! Militares, nunca mais! Ainda bem que hoje tudo é diferente, temos um PT sério, honesto e progressista. Cresce o grupo que não quer mais ver militares no poder, pelas razões abaixo. Militar no poder, nunca mais. Só fizeram lambanças:

I
Tiraram o cenário bucólico que havia na Via Dutra de uma só pista, que foi duplicada e recebeu melhorias; acabaram aí com as emoções das curvas mal construídas e os solavancos estimulantes provocados pelos buracos na pista.

II
Não satisfeitos, fizeram o mesmo com a rodovia Rio-Juiz de Fora.
Com a construção da ponte Rio-Niterói, acabaram com o sonho de crescimento da pequena Magé, cidade nos fundos da Baía de Guanabara, que era caminho obrigatório dos que iam de um lado ao outro e não queriam sofrer na espera da barcaça que levava meia dúzia de carros.

III
Criaram esse maldito do Proálcool, com o medo infundado de que o petróleo iria acabar um dia. Para apressar logo o fim do chamado “ouro negro”, deram um impulso gigantesco à Petrobras, que passou a extrair petróleo 10 vezes mais (de 75 mil barris diários, passou a produzir 750 mil); sem contar o fedor de bêbado que os carros passaram a ter com o uso do álcool.

IV
Enfiaram o Brasil numa disputa estressante, levando-o da posição de 49ª economia do mundo para a posição de 8ª, trazendo com isso uma nociva onda de inveja mundial. Além do mais, com sua incompetência, tiraram o sossego da vida ociosa de 13 milhões de brasileiros, que, com a gigantesca oferta de emprego, ficaram sem a desculpa para o famoso “estou desempregado”.

V
Em 1971, ainda no governo militar, o Brasil alcançou a posição de segundo maior construtor de navios no mundo. Uma desgraça completa.

VI
Com gigantesca oferta de empregos, baixaram consideravelmente os índices de roubos e assaltos. Sem aquela emoção de estar na iminência de sofrer um assalto, os nossos passeios perderem completamente a graça.

VII
Alteraram profundamente a topografia do território brasileiro com a construção de hidrelétricas gigantescas (Tucuruí, Ilha Solteira, Jupiá, Itaipu),o que obrigou as nossas crianças a aprenderem sobre essas bobagens de nomes esquisitos.

VIII
O Brasil, que antes vivia o romantismo do jantar à luz de velas, teve que tolerar a instalação de milhares de torres de alta tensão espalhadas pelo seu território, para levar energia elétrica a quem nunca precisou disso.

IX
Implementaram os metrôs de São Paulo, Rio, Belo Horizonte, Recife e Fortaleza, deixando tudo pronto para atazanar a vida dos cidadãos e o trânsito nestas cidades.

X
Esses militares baniram do Brasil pessoas bem intencionadas, que queriam implantar aqui um regime político que fazia a felicidade de cubanos, russos e chineses, em cujos países as pessoas se reuniam em fila nas ruas apenas para bater papo, e ninguém pensava em sair a passeio para nenhum outro país.

XI
Foram demasiadamente rigorosos com os simpatizantes daqueles regimes, só porque soltaram uma “bombinha de São João” no aeroporto de Guararapes, onde alguns inocentes morreram de susto apenas.

XII
Os militares são muito estressados. Fazem tempestade em copo d’água só por causa de alguns assaltos a bancos, seqüestros de diplomatas… ninharias que qualquer delegado de polícia resolve.

XIII
Tiraram-nos o interesse pela Política, vez que os deputados e senadores daquela época não nos brindavam com esses deliciosos escândalos que fazem a alegria da gente hoje.

XIV
Os de hoje é que são bons e honestos. Cadê os Impostos de hoje, isto eles não fizeram! Para piorar a coisa, ainda criaram o MOBRAL, que ensinou milhões de brasileiros a ler e escrever, aumentando mais ainda o poder desses empregados contra seus patrões.

XV
Nem o homem do campo escapou, porque criaram para ele o FUNRURAL, tirando do pobre coitado a doce preocupação que ele tinha com o seu futuro. Era tão bom imaginar-se velhinho, pedindo esmolas para sobreviver.

XVI
Outras desgraças criadas pelos militares:
Trouxeram a TV a cores para as nossas casas, pelas mãos e burrice de um Oficial do Exército, formado pelo Instituto Militar de Engenharia, que inventou o sistema PAL-M.
Criaram ainda a EMBRATEL; TELEBRÁS; ANGRA I e II; INPS, IAPAS, DATAPREV, LBA, FUNABEM.

XVII
Tudo isso e muito mais os militares fizeram em 22 anos de governo. Pensa!!
Depois que entregaram o governo aos civis, estes, nos vinte anos seguintes, não fizeram nem 10% dos estragos que os militares fizeram! Graças a Deus! Ainda bem que os militares não continuaram no poder! Tem muito mais coisas horrorosas que eles, os militares, criaram, mas o que está escrito acima é o bastante para dizermos:
“Militar no poder, nunca mais!!!”, exceto os domesticados.

XVIII
Ainda bem que hoje estão assumindo o poder pessoas compromissadas com os interesses do Povo.

XIX
Militares jamais! Os políticos de hoje pensam apenas em ajudar as pessoas e foram injustamente prejudicadas quando enfrentavam os militares com armas às escondidas e com bandeiras de socialismo. Os países socialistas são exemplos a todos, vejam: Cuba, Venezuela, Colômbia, Bolívia, Argentina, e outros.

XX
ALÉM DISSO, NENHUM DESSES MILITARES CONSEGUIU FICAR RICO.
ÊTA INCOMPETÊNCIA! ! !


Anúncios

4 ideias sobre “OS MILITARES FORAM INCOMPETENTES?

  1. Joao Batista

    Nota 10 para quem fez o texto e parabéns pra você, por ter divulgado..
    Já que estão reescrevendo a nossa história com a comissão da verdade, vou guarda-lo e quem sabe um dia, coloca-los em um quadro nas paredes das escolas. rsrsrs

    Resposta
  2. Brito Beauregard

    Se o texto é para reflexão, qual reflexão pode ser justa e coerente ignorando um dos dois lados da moeda?
    Portanto, peço licença ao grande Eduardo para contribuir com o texto e finalmente, não deixar que os leitores tirem uma conclusão injusta e incoerente, não somando os dois lados juntos.
    Aqui vai um texto grande, não consigo contê-los:

    Um resumo de quem governou a ditadura? Tiranos estadistas da direita, exclusivamente da direita.
    É claro que deveriam ignorar os milhões que morriam de fome e sede no nordeste, e focar no desenvolvimento da indústria. Se a indústria esta boa, que importa o resto?
    Ideias, militares não gostam de ideias… quero dizer, até gostam! Das ideias deles.
    Os homens de farda não podiam simplesmente cessar as ideias, mas conseguiam barrar a circulação da mesma.
    Isso quanto a ideias, porque tortura, estupro, assassinato e desaparecimento é o de menos.

    Opa, corrupção, ia me esquecendo da danada!
    Sim, a corrupção é um fenômeno exclusivamente da república.
    Até porque se houvesse corrupção na ditadura, ninguém ficaria sabendo.
    Na ditadura não havia conselhos fiscalizatórios, as contas públicas não eram analisadas, os gastos públicos não eram publicados.
    Então quer dizer que o autor fica mais confortável em ser roubado sem saber, do que ser roubado e ficar sabendo através de um escândalo, podendo simplesmente escolher votar ou não no ladrão nas eleições seguintes… interessante.
    Ah é, caso viesse a público que os militares roubaram (óbvio que não divulgariam), ninguém podia escolher votar neles nas eleições posteriores, eles simplesmente se instalavam nos cargos de autoridade e se você reclamasse seria torturado, morto e evaporado.

    Aproveitando a oportunidade, vou corrigir o artigo VI do texto: Os assaltos não diminuíram pela quantidade de emprego, diminuíram pelo medo da prisão e da tortura, que a propósito, eram muito legais e como os militares não eram preconceituosos, qualquer um poderia passar as férias nos quarteis e nas cadeias, bastava se manifestar ou dizer a palavra “direitos trabalhistas”.

    Levaram o Brasil da posição de 49ª economia do mundo para a posição de 8ª economia mundial… Sim, esse foi o chamado “milagre brasileiro”, a economia ou melhor, “o bolo” cresceu, só há um porém: Poucos puderam aproveitar as fatias dele.
    Hoje, a China é a 2ª economia do mundo mas observe o IDH daquele país.
    A lógica de ter economia e não ter desenvolvimento.
    Tudo o que os militares fizeram durante o “milagre” foi facilitar para que o rico ficasse mais rico e o pobre ficasse mais pobre, basta olhar os índices da distribuição de renda da época.

    Direitos trabalhistas? Piada… As paralisações de trabalhadores eram sujeitas por lei à intervenção das autoridades.

    Matemática da ditadura:
    Amazônia + consciência ambiental = morte (ribeirinhos, índios e quilombolas que o digam)
    Amazônia + devastação por interesses financeiros = apoio total dos homens de farda
    Os militares foram tão maravilhosos que fizeram a usina hidrelétrica de Balbina sem analizar previamente os impactos sociais e ambientais da usina.
    Impacto social e ambiental? Pra quê? Isso não da dinheiro pra indústria, vamos ignorar!
    Não se esqueçam que a usina de Balbina causou o maior desastre ambiental da história do Brasil. “Apenas” 3 toneladas de carbono por megawatt-hora não faz diferença notável para o meio-ambiente.
    Sem contar que nem houve compensação aos moradores que deixaram as áreas alagadas. A ditadura acabou e não houve indenização aos milhares que tiveram de sair de suas casas na região, que orgulho!

    O INAMPS era bem mais útil que o SUS, disso não tenham dúvidas! Só 20% da população tinha acesso, mas quem foi atendido não reclama. Até porque, mais de 90% das internações em todo o território nacional eram em hospitais privados, parece que os homens de farda não se preocupavam muito com a saúde pública.

    O mais legal de tudo é que se estivéssemos na ditadura, um quinto das palavras escritas nesse espaço teriam sido censuradas.
    Termino afirmando que quem está por trás dos manifestos midiáticos e populares contra o PT, em espécie, são golpistas e oligarcas estrangeiros. Sim, boa parte da população não está contente com o governo Dilma (Eu também não), mas vale ressaltar que TODOS veículos midiáticos anti-PT, sem exceção, são direitistas frustrados que simplesmente ignoram todos os partidos que agem pela direita (mesmo não havendo tal posição oficialmente), focando no PT (com acusações típicas de analfabetos políticos, alegando inclusive golpe e ditadura comunista) exaltam candidatos de partidos como PSDB e PMDB (terceirização é uma desgraça para um trabalhador) e ignoram todo e qualquer envolvimento dos mesmos em atos danosos à nossa pátria. E é justamente esses veículos midiáticos, que estão doutrinando as pessoas que vão aos protestos pró-intervenção militar e impeachment.
    Infelizmente nossa democracia e soberania está em jogo.
    Obrigado Eduardo pelo espaço que fornece. Volto a dizer que seus textos são excelentes!

    Resposta
    1. Eduardo LBM Autor do post

      Muito bom o seu texto, Brito Beauregard, embora eu não concorde totalmente com o enunciado. Mas agradeço por colocá-lo aqui fazendo a sua parte para que os que querem refletir tenham o necessário material. Grande Brito, seu avatar passa uma imagem de nobre.

      Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s