BABEL (DUAL LANGUAGE)

IMG_2620-cut1A tower to reach heaven

Marduk had been cut out of the most choice domains. Brooding over his losses, he decided to take a little covert action and conceived a plan to use the Lulus against the other gods. Performing austerities – intense focusing disciplines – Marduk activated his cobra-like will. Using cristal and frequency beams, he placed thought forms into the receptive minds of the Lulus. Marduk’s magic was a great success. For the first time ever, the thought occurred to the Lulus that they could be just like us! They woke in the night with a vision of a great tower climbing to the sky, and with the knowledge to build it.

IMG_2620-cut2Uma torre para chegar ao céu

Marduk tinha sido expulso dos domínios que conquistara. Remoendo suas perdas, ele decidiu vingar-se e concebeu um plano para usar os Humanos contra os outros deuses. Com austeridade, disciplina e foco intensos, Marduk ativou a sua forte vontade reptiliana. Usando cristais e feixes de frequência, ele colocou formas de pensamento nas mentes receptivas dos humanos. A magia de Marduk foi um grande sucesso. Pela primeira vez na história, os Humanos foram tomados por um pensamento de que eles poderiam ser como nós (os deuses)! Eles acordaram no meio da noite com uma visão de uma grande torre que atingia os céus, e com o conhecimento necessário para construí-la.


people-crowd-600x450Lord Marduk giveth, Lord Marduk taketh away!

The Lulus seemed to come from all over Terra as they assembled on the plains outside of Babylon. They began to construct a tower to reach heaven where they would demand equality from the gods. Very dangerous! Marduk must have thought he could later remove such nonsense from their brains. The Lord Marduk giveth, and the Lord Marduk taketh away!

pUN1vrItN6oLorde Marduk dá, Lorde Marduk tira!

Os Humanos pareciam vir de todos os cantos da Terra e se reuniam nas planícies próximas a Babilônia. Eles começaram a construir uma torre para alcançar o céu, onde eles iriam exigir igualdade em relação ao deuses. Muito perigoso! Marduk deve ter pensado que poderia mais tarde remover tal absurdo dos cérebros dos Humanos. Lorde Marduk dá, Lorde Marduk tira!


tower_of_babel6Telepathic powers

In those times, the Lulus required only a very simple language. Because their vocabulary was limited to what was necessary for performing menial tasks and taking orders, complex concepts did not often enter their speech. But they still possessed remnants of their original telepathic abilities from the time of their harmony with Terra’s animals, and these telepathic powers were functioning in full force as the Lulus congregated and began mysteriously to build their Tower to Heaven.

ConfusionPoderes telepáticos

Naqueles tempos, os Humanos necessitavam apenas uma linguagem muito simples, uma vez que o seu vocabulário era limitado ao que era necessário para a realização de tarefas comuns e receber ordens. Conceitos complexos, normalmente não faziam parte de suas falas. Mas eles ainda possuíam resquícios de suas habilidades telepáticas originais oriundas do tempo em que viviam em harmonia com os animais da Terra, e estes poderes telepáticos estavam funcionando com força total o que facilitou com que eles se reunissem e começassem misteriosamente a construir uma torre para o céu.


deus_thumb[5]The wrath of Enlil

When Enlil heard of what the Lulus were doing, he hurried to the site and walked among them, warning them to stop. He told them this act was against the will of their creators, and they must stop or they would be punished. To Enlil’s amazement, they ignored him. It was as if they never even saw or heard him. Enlil’s heart sickened. Only a god could form this magic, and the only god he could imagine who was capable of doing such a thing was the scorned son of Enki, Marduk. Enlil knew he would have to take drastic measures and generate a force field greater than Marduk’s.

maxresdefaultA ira de Enlil

Quando Enlil soube o que os Humanos estavam fazendo, ele correu para o local e caminhou entre eles, advertindo-lhes que parassem. Disse-lhes que este ato ia contra a vontade de seus criadores e que eles deveriam parar ou seriam punidos. Para espanto de Enlil, os Humanos o ignoravam completamente. Era como se eles nem sequer vissem ou ouvissem Enlil. Enlil sentiu-se muito mal com tudo aquilo. Só um deus poderia formar essa mágica, e o único deus que ele podia imaginar que era capaz de fazer tal coisa era o filho desprezado de Enki, Marduk. Enlil sabia que teria que tomar medidas drásticas e gerar um campo de força maior que o de Marduk.


consequenciasThe divided humanity

Enlil destroyed the Tower of Babel with one particle beam. The Lulus never knew what hit them. Most died, those who were unfortunate enough to live experienced the radiation sickness. Plus, their memories were gone, wiped clean. Lulus staggered aimlessly, wondering where to go, or where they had come from. It was a pitiful sight. Each Lulu began to feel an invisible wall of separateness growing around his or her being all across Terra, cities andMaquiavel villages were inundated by Enlil’s frequencies of separation. And from that time on all the humans were encouraged to emphasize and develop their differences. New languages were created for each region. Races began to denigrate other races, and people were taught to fear each other. The Lulus learned to hate, and they began to fight among themselves.

fim-namoroA humanidade dividida

Enlil destruiu a torre de Babel com um feixe de partículas. Os Humanos nunca souberam o que os atingiu. A maioria morreu e aqueles que foram infelizes o suficiente para viverem, ficaram doentes e com sequelas da radiação. Além disso, perderam totalmente a memória. Humanos cambaleavam sem rumo, perguntando para onde ir, ou de onde eles tinham vindo. Era uma visão lamentável. Cada Humano começou a sentir uma segmentacao-de-mercadoparede invisível de separação em torno dele ou dela e por toda a Terra, as cidades e aldeias foram inundadas por frequências de separação produzidas por Enlil. E a partir desse momento todos os seres humanos foram encorajados a enfatizar e maximizar as suas diferenças. Novas linguagens foram criadas para cada região. Raças começaram a denegrir outras raças e as pessoas foram ensinadas a temer uns aos outros. Os Humanos aprenderam a odiar e começaram a lutar entre si.


inana-3Forgetting origins

To add to the confusion, each god was given many different names. Men fought over whose god was the true god, when often it was the same god, only named differently. I myself became Ishtar, Venus, Hathor, Aphrodite, Lakshmi, Rhiannon, and countless more. Dissension among the Lulus was fomented. Never again would your ancestors be allowed to unite against us, and never again would the human species remember that they had all come from the same source, a wild creature from Terra and my Great-aunt Nin.

return2Esquecendo as origens

Para aumentar a confusão, a cada deus foi dado muitos nomes diferentes. Homens disputavam entre si qual deus era o verdadeiro deus, quando muitas vezes era o mesmo deus, apenas nomeados de forma diferente. Eu mesma, recebi os nomes Ishtar, Vênus, Hathor, Afrodite, Lakshmi, Rhiannon, e uma infinidade de outros nomes. Discórdia entre os Humanos tem sido continuamente fomentada. Nunca mais seus antepassados foram autorizados a unir-se contra nós (os deuses), e nunca mais a espécie humana iria lembrar-se que todos vieram da mesma fonte, uma criatura selvagem da Terra e uma deusa.


inanna-returnsExcerpt from the book  Inanna Returns – VS Ferguson

Free translation to Portuguese by Eduardo Lbm

Trecho do livro ‘O Retorno de Inanna” de V. S. Ferguson

Tradução livre para o Português por Eduardo Lbm

 

Anúncios

2 ideias sobre “BABEL (DUAL LANGUAGE)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s