Arquivo mensal: setembro 2015

BOLHAS ECONÔMICAS

ESTRATÉGIA SOCIOLÓGICA

Nas faculdades de economia e/ou administração, costuma-se dizer que “numa economia saudável’ a taxa de desemprego ideal é de 7%. Como assim, numa economia saudável? Quem disse que numa economia saudável tem que existir desemprego? Como assim taxa de desemprego ideal? Alguém perguntou a um desempregado se ele concorda? Obviamente que o desempregado nunca foi consultado, afinal ele é uma mera consequência de um sistema que chamam de ‘Capitalista’, mas que na verdade é “Darwinismo Social Puro’. Alguns diriam que o desemprego é um subproduto do Capitalismo, mas não é. É estratégia mesmo!


menor-abandonadoA pergunta que cala

Caso o desempregado fosse consultado, a pergunta deveria ser esta: “Você concorda em fazer parte de um ‘banco de desempregados’ para ajudar o ‘Sistema’ a intimidar os que já estão empregados e com isso garantir que eles fiquem bem quietinhos e não façam reivindicações? Você concorda também, em passar fome e necessidades e submeter sua família a essas privações, não tendo como pagar sua moradia e nem mesmo colocar comida na mesa, para que o “Sistema” possa funcionar ‘direitinho’, ‘redondinho’?”


boiada640Governo silencioso, gado satisfeito

O ‘Sistema’ governa o planeta de forma silenciosa. São eles os donos do gado. São os donos das grandes corporações que produzem tudo o que o gado precisa, controlam tudo o que o gado consome, inclusive (e principalmente), a água e os alimentos, dão emprego para o gado e já deixam uma parte do gado sem emprego que é para garantir que os que estão empregados permaneçam ‘quietinhos’ em seus empregos. Quando o gado começa a protestar e conquistar muitos direitos, eles aumentam a quantidade de gado sem emprego (taxa de desemprego) fazendo com que as conquistas, a curto prazo, desapareçam e se tornem inócuas.


lula4Um idiota útil ou um tentáculo do ‘Sistema’?

Em 1979, um metalúrgico no ABC Paulista, precisava de apenas SETE salários inteiros para comprar um carro popular zero Km. Então começaram as greves dos metalúrgicos, lideradas pelo molusco, e aí vieram as demissões em massa, o desemprego alcançou níveis jamais vistos e sete anos depois, em 1986, o mesmo metalúrgico precisava juntar TRINTA E TRÊS salários inteiros para comprar odesemprego_espanha_Reuters mesmo carro popular zero Km. Não é mesmo uma gracinha o ‘modus operandi’ dos donos do mundo?

Fato recente: na Espanha, com a crise europeia, a ‘taxa’ de desemprego chegou a 26%.


Bolhas-Financeiras_0Bolhas e recessões

Não somente eles estão acima de tudo, como são eles que criam as ‘bolhas’ econômicas que nos levam à ilusão de que a crise passou e então começamos a investir e alguns de nós fazem investimentos pesados e de longo prazo e quando estamos prestes a receber o retorno dos investimentos o que acontece? ELES estouram a bolha, enchem o cu de dinheiro e nós ficamos a chupar os dedos. Assim foi nos anos 70 (milagre econômico), assim foi em 1990 a 1992 (Plano Collor), assim foi em 1994 a 1997 (Plano Real) e assim foi com a bolha imobiliária de 2001 em diante e que ‘explodiu’ em 2008 com a suposta quebra do sistema financeiro mundial. Sim, suposta, já que os acionistas majoritários das principais empresas do sistema, encheram os bolsos depois de quebrarem suas próprias empresas e quebrarem seus próprios países.


Sobre a bolha imobiliária de 2001 em diante, veja o documentário abaixo e entenda como tudo aconteceu. As consequências disso, estamos vivendo até o presente momento e não há previsão de melhora a curto e médio prazo, muito pelo contrário: quando isso realmente ‘estourar’, a depressão de 1929 vai parecer uma ‘marolinha’.

http://vimeo.com/39018226

(Inside Job – Documentário completo)


bolhaSempre foi assim

Há um longo histórico de ‘bolhas’ no Brasil. Desde que eu me conheço por gente, já passei por pelo menos umas 8 ou 10. Elas duram de um ano e meio a dois anos e meio no máximo. Há bolhas locais, estaduais, nacionais e internacionais e algumas dessas bolhas se mesclam, igualzinho acontece com bolhas de sabão. E todas estouram. E sempre quem estoura junto com elas são os micro, pequenos e médios empresários, nunca as grandes corporações. As grandes simplesmente ‘se retiram’ do cenário depois que já encheram as ‘burras’ e deixam milhares de desempregados para ‘curtir’ os efeitos do estouro. Sempre foi assim.


5956626761_876f8a33a3_bO sistema financeiro mundial funciona igual a um cassino e os donos da banca são astutos. Quando você se arrisca a jogar esse jogo, tenha em mente que a ‘banca’ sempre ganha.

Em 1996 no Brasil, dependendo a região, a gasolina custava R$ 0,45 o litro. Foi uma época de grande prosperidade (‘bolha de ilusão”) que começou com o plano Real em julho de 1994 e durou até abril ou maio de 1997, que foi quando resolveram estourar a ‘bolha’. Aí todo mundo sifu. Quem fez investimentos de longo prazo acreditando no Plano Real, na baixa inflação, na estabilidade da moeda e na falsa perenidade das ações governamentais, tomou no forévis bem tomado em 1997. De lá para cá outras ‘bolhas’ aconteceram, mas não se igualaram àquela.

Tenho visto ao longo da vida, amigos e conhecidos (eu também já caí nessa) que, ingenuamente entram na onda dessas bolhas e, por não entenderem como funciona o sistema financeiro mundial, por nem sequer desconfiarem qual é o verdadeiro objetivo do sistema financeiro, pensaram que iam ganhar muito dinheiro e que iam se dar bem. Doce ilusão. Seis meses a um ano depois eu os encontrava novamente e tinham quebrado ou falido, estavam totalmente endividados (dívidas monstruosas), devendo o cu e as calças e para cada passarinho Dez Reais. Depois ficavam um longo tempo se livrando das dívidas e, quando nova bolha surgia, lá iam eles de novo, se endividar de novo, quebrar de novo, falir de novo, mas sempre pensando que iam ganhar muito dinheiro. 

Agora estamos vivendo um período de forte recessão, mas não se preocupe, muito em breve nova bolha será criada!

***